quarta-feira, 26 de março de 2008

FILHOS MISSIONÁRIOS

É uma bela manhã de domingo, e no pátio de uma igreja renomada de São Paulo, cujo pastor é apaixonado por missões transculturais, e sempre prega sobre o tema (mesmo nos cultos dominicais), alguns pais conversam sobre o futuro dos seus filhos, enquanto outros se empanturram de coxinhas e pasteis na cantina missionária.
– Meu filho será professor – diz o mais velho deles.
– Eu gostaria que o meu fosse engenheiro.
– E o meu filho deverá ser um médico – completa o outro irmão, que já exerce a profissão no HC.
– E o seu filho? O que será na vida? – perguntam para aquele que ainda não haviam respondido, cuja filha é uma linda menininha, paparicada por todos da igreja.
– A minha filha será missionária entre as tribos afegãs, que habitam as montanhas controladas pelo Talibã, ou então entre outro povo não-alcançado. Ainda estou orando sobre o assunto!

O espanto é geral, quase uma santa indignação, daqueles pais bem sucedidos e zelosos, que querem o melhor para os seus pequenos. Por muito não se repetiu o ocorrido de Atos 7:57,58 "Mas eles gritaram com grande voz, taparam os seus ouvidos, e arremeteram unânimes contra ele. E, expulsando-o da cidade, o apedrejavam."

Saí em silêncio e pensativo, lembrando-me de Jesus quando disse: "Porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração". Pensei: "Por que tenho dificuldade de colocar meu tesouro (meu coração, minha vida, minha filha) a serviço do reino?". Lembrei-me também de João 3:16; João 15:13; Provérbio 23:26 e tantas outras passagens que falam de entrega. Orei por mais fé!


7 comentários:

erileneslima disse...

Realmente é difícil colocarmos nossos tesouros,mas é preciso fazermos a vontade de Deus que é evangelizar a toda criatura.

André Sanches disse...

Jamierson, eu também confesso que preciso de mais fé. Mas o Senhor já os levou para o campo!
Estao servindo na Espanha!

Carlos disse...

Todos daremos conta a Deus! Quer por fazer errado, quer por se omitir! Todos podem contar com isso.
Parabéns pelo blog, nada de ti-ti-ti... continue! (sou católico)

Antonio Nasser disse...

Minha oração há anos tem sido para que meus filhos obedeçam a Deus. Seja como profissionais no mercado de trabalho ou como missionários no campo. Os filhos não são nossos. Parece fácil dizer isso, e difícil fazer, mas se pensarmos que Deus deu-nos Seu filho unico, a gente começa a pensar que não somos donos deles. Estamos cuidando de preciosidades do Senhor. Bençãos a você meu irmão Jamierson e a todos os que leem esse seu blog.

Ivan Caratanasov disse...

É... verdade isso, mas isso tem que orado, frisado, repetido, insistido, re-insistido, cobrado, explorado, comentado etc. Pois, sempre optamos pelo conforto do capital quando no pulpito se enfatiza o tal...

Quando eu tiver um filho, entregarei para o Senhor... oro para que muitos não entregue o seu ao "deus" mídia.

Ribeiro disse...

Missões está no coração de Deus. Os povos estão clamando por missionários.Parabéns, Jamierson, pelo Blog.Que Deus continue te usando cada vez mais para que missões esteje em nossos corações também.

Anônimo disse...

Esta história é muito boa. Uma curta e desafiador narrativa que demonstra o abismo entre discurso e prática.
Deus abençoe sua vida