quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

A COBRA E O VAGALUME

Era uma vez uma cobra que começou a perseguir um vagalume que só vivia para brilhar.
Ele fugia rápido com medo da feroz predadora e a cobra nem pensava em desistir. Fugiu um dia e ela não desistia, dois dias e nada... No terceiro dia, já sem forças o vagalume parou e disse à cobra:
- Posso fazer três perguntas?
- Não costumo abrir esse precedente para ninguém mas já que vou te comer mesmo, pode perguntar - respondeu a cobra ansiosa por devorá-lo.
- Pertenço a sua cadeia alimentar?
- Não.
- Te fiz alguma coisa?
- Não.
- Então por que você quer me comer?
- Porque você brilha, chamando mais a minha atenção do que o sapo com seu choachar!

Lembre-se, mesmo correndo risco, não hesite em brilhar em 2009, glorificando ao Senhor!

"Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo" (Fl 2:15)


FELIZ 2009!

2 comentários:

Dovaniano disse...

Excelente fábula!

Me fez lembrar de Mateus 5:16:

"Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus"

E é verdade... a luz sempre incomoda aqueles que estão acostumados a viver nas trevas!!!

A Paz do Senhor, irmão!

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado Jamierson,
A Paz do Senhor!
Obrigado por esta postagem.
Fui tremendamente edificado nesta manhã ao lê-la.
Aqui mesmo na blogosfera, quando vc. escreve e a luz brilha, meu irmão, as cobras começam a perseguir. rsrsrs.
O que nos conforta é que, maior é o que está conosco!
Fique com Deus!
FELIZ 2009!
Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto