sábado, 20 de junho de 2009

DECLARAÇÕES DE BARACK OBAMA

Este polêmico vídeo com o discurso do presidente americano, sobre a laicidade do estado no seu governo e sua forma de interpretação das verdades bíblicas, foi o motivo principal de uma avalanche de acusações e insinuações sobre o que ele representa religiosa e escatologicamente falando. De anticristo a arauto da liberdade, na internet ouve-se de tudo.



Não é só por este vídeo, o presidente crente Barack Obama também desperta atenção, sua proximidade com o islã, inclusive reconhecendo e declarando como sendo esta uma boa religião a ser seguida (ver discurso), também é muito estranho, tanto para o presidente americano pior ainda sendo um cristão evangélico (Igreja Unida de Cristo).

Vale a pena discutirmos aqui esse assunto por várias razões. Duas delas são as implicações diretas na ação evangelística mundial da igreja, e o fato da nossa nação estar caminhando para ter uma maioria evangélica, e brevemente se deparará com as mesmas questões. Imaginem num futuro um presidente evangélico! Que tal o bispo Macedo, ou a irmã Marina da Silva, ou o rev. Guilhermino Cunha; ou o pastor Silas Malafaia?

Calma pessoal, estou brincando, mas o assunto é sério, até porque nosso presidente Lula acabou de assinar um documento devolvendo à igreja católica privilégios perdidos desde a proclamação da república. Este é um exemplo recente como a dicotomia estado/religião está mais perto de nós do que imaginamos. Lembre-se que Obama ao assumir o mandato, prestou juramento com a mão esquerda sobre um exemplar histórico da Bíblia, usado por Abraham Lincoln em 1861.

Assista com atenção, e registre abaixo o seu livre comentário!

3 comentários:

MARCELLO disse...

Nesse dia o Obama deu uma aula. Não posso negar.
Obama fala da necessidade de independência do Estado e da Política pública em relação a grupos religiosos de qualquer espécie. Sejam os grupos religiosos mais históricos e antigos ou sejam os que surgem a cada ano.

Ele diz que a organização política de uma sociedade deve ser construída sobre uma base que seja "o que todos vêem", ou seja, que seja comum a todos os homens e grupos.

As leis e regras sociais não devem estar sobre interpretações particulares ou sobre dogmas de alguma casta religiosa qualquer, mas sobre bom senso humano.

Enfim, ele diz que na posição dele, como Chefe de Estado e Representante público, ele não pode conceder privilégios a qualquer linha religiosa, mesmo que seja a linha religiosa que os antigos habitantes do país tinham maioritariamente e que por ela governaram o país por décadas ou séculos.

Pois como diz Obama, basta que cheguem ao território imigrantes de outras linhas religiosas, ou basta que muita gente no próprio país se converta a outras linhas religiosas... e o Estado tem o dever de lhes prover respeito, representação e voto nas decisões públicas.

Um Estado que não seja assim, como prega o Obama, pra mim é um Estado perigoso e injusto. Pois eu não aceito em hipótese alguma que o Estado se funda com qualquer religião, mesmo que seja a minha.

O dever do Estado é dar vida tranquila a todos, estimulando a boa convivência e o direito comum.

É por isto que eu amo o Evangelho. Pois o Evangelho tem exatamente essa capacidade e esse poder de abraçar a todos com justiça, lucidez e benefício experimentável. Muito mais que o Obama! rs

Um homem do Evangelho (verdadeiramente do Evangelho) tem grande chance de ser um bom governante por ter essa capacidade de aceitar, conviver e honrar os diferentes.

Mas vejam o perigo dessa "casta evangélica" que quer tomar o poder no Brasil!

Pra eles, o que Obama diz é terrível! Quando eles "tomarem o poder", não farão como Obama!

O que importa pra eles é tomar o poder e praticar seus desejos. Mesmo que seja opressão religiosa pra muita gente...

DUMARESQ disse...

Diferentemente de outras pessoas, não acretido que Obama seja o anticristo, mas depois de assistir o vídeo fiquei me perguntando se ele não está preparando o caminho para a besta.

"THE BOSS" disse...

OBAMA ANTICRISTO!? DEUS DAI-ME SANTA PACIENCIA!
ENGRAÇADO QUANDO BUSH ESTAVA NO PODER NINGUEM FALAVA NADA, MAS QUANDO UM IRMÃO DE PELE ESCURA ASSUMIU O PODER DA NAÇÃO MAIS PODEROSA DO MUNDO NA ATUALIDADE OS "CAÇADORES DE BRUXAS" DE PLANTÃO O CHAMAM DE ANTICRISTO HEHEHEHE...

SÓ PODIA SER COISA DE DISPENCIONALISTA E DE PRÉ-TRIBULACIONISTA MESMO.

FALANDO NISSO, QUANTOS PESSOAS NA HISTORIA FORAM CHAMADAS DE ANTICRISTO? DEIXA-ME VER:

Imperador Romano Justiniano, Papa Leão, Napoleão, Lênin, Stalin, Adolf Hitler, Mussolini, Henry Kissinger, Mikhail Gorbachev, Ronald Reagan, Bill Gates E AGORA O PRESIDENTE NORTE AMERICANO OBAMA.

MEU CONSELHO É: ESTUDEM A ESCATOLOGIA REFORMADA PARA SE LIBERTAREM DESSAS ESPECULAÇÕES FANTASIOSAS.

SOLA SCRIPTURA!

"THE BOSS"