terça-feira, 7 de outubro de 2008

QUEM TEM CORAGEM DE CONFESSAR JESUS?

"Se você disser com a sua boca: "Jesus é Senhor" e no seu coração crer que Deus ressuscitou Jesus, você será salvo" (Rm 10:9-13, NTLH)

Sempre que eu lia esse texto de Paulo, achava simplista demais! Eu até evitava mostrar essa passagem para pessoas não convertidas, temendo que elas não tivessem uma conversão genuína. Depois que aprendi sobre o contexto dessa carta, que foi dirigida aos irmãos que moravam sob o poderoso império romano, cujo SENHOR único e exclusivo deveria ser CÉSAR, então percebi a profundidade da declaração do apóstolo.

E hoje? Existe este mesmo contexto? Claro que sim! A missão Portas Abertas, entidade dedicada a ajudar a igreja sofredora, mantem campanhas permanentes de oração por alguns irmãos acorrentados por causa dessa mesma confissão! Nos países fechados, são milhares de casos assim, que vivem a mesma realidade que a igreja primitiva em Roma. Onde se declarar cristão, diferente daqui do Brasil e outros países livres, é sinônimo de perder a liberdade e quando não a própria vida. OREMOS!

Alguns casos reais e atuais:
  • No Irã, dois cristãos que foram presos por trocar o islã pelo cristianismo encontram-se agora em liberdade. Temia-se que eles fossem condenados à pena de morte por conta do "crime" que cometeram.
  • Em 1995, a polícia de segurança norte-coreana levou à força o pastor Ahn Seung-Won enquanto ele estava na China. Ele havia sido enviado pela Igreja Pentecostal Yonggi Cho, de Seul (Coréia do Sul) para pregar o evangelho na Coréia do Norte. Ele ainda está detido, em Pyongyang, sob acusação de espionagem.
  • Aimurat Khayburahmanov, no Uzbequistão também foi posto em liberdade. A juíza que presidia a audiência de 26 de setembro descartou as acusações de extremismo religioso feitas contra ele. Na verdade, sua prisão foi devido a pregação do evangelho que Aimurat faz em seu bairro.
  • Desde 1994, o irmão Rivera Matos está detido na prisão Castro Castro, em Lima. Seu caso foi apresentado pela organização Paz Y Esperanza para uma revisão.
  • O pastor e missionário Chandra foi preso pela polícia de Orissa em dezembro de 2003, sob a acusação de batizar cinco recém-convertidos. Outros 14 missionários também enfrentam perseguição e prisão sob a legislação anticonversão do Governo de Orissa.

2 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Jamierson!
A Paz do Senhor!
Sua abordagem foi perfeita sôbre o assunto em tela.
Quero apenas acrescentar que aqui no Brasil, muita gente deixa de confessar a Cristo, quando deixa de ter atitudes claras com relações aos princípios do evangelho, quando sentem que sofrerão qualquer tipo de prejuízo, seja financeiro, relacional ou até mesmo político.
Praticam nesse caso um evangelho relativista e ficam em cima do muro.
Entendo ser isso também, uma maneira de lavar as mãos como Pilatos, de negar a Cristo como fez Pedro.
Imaginemos então essas pessos em países como citou o prezado amigo.
Jamais confessariam ao Senhor, pelo temor de qualquer perseguição e mesmo pelas suas próprias vidas.
Que Deus tenha misericórdia de nós, e que acordemos para a realidade do evagelho.

JAMIERSON OLIVEIRA disse...

Amado CARLOS, seu comentário faz todo sentido! É lamentável que vivamos assim tão displicentes.

Obrigado por prestigiar esse meu espaço de desabafo!

Abração!